Visitas da Dy

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Professorando



Escolheu os livros, renunciando a outras tantas opções.
Decidiu ter os pés no presente,
Nos dias que correm,
Mas sem deixar de olhar para trás,
Sem deixar de sonhar com o futuro.
Escolheu sujar a mão de giz,
Transitar entre linhas:
Escritas, do tempo, da vida.
Fez do seu tempo, doação.
Fez do seu sonho, multiplicação.
Dividiu-se e cresceu cada vez mais.
Quando podia ter escolhido o mundo,
Escolheu quatro paredes.
Quando podia ter se acomodado,
Escolheu a luta.
Entre tantas cores, escolheu canetas:
Gosta de azul, mas precisa do vermelho.
Faz do silêncio seu eco do passado,
Pede olhos atentos e ganha sorrisos.
Faz pensar, escrever e crescer.
Faz falar, se expressar e aprender.
Dedicou-se à profissão com amor:
Enquanto todos estão trabalhando,

Ela está professorando.

0 Comentários:

Postar um comentário