Visitas da Dy

quarta-feira, 27 de março de 2013

Tenho medo e sigo


Tenho medo do que está por vir.
Assim como todos os outros pobres mortais como eu.
Temo o desconhecido porque não o posso controlar, não posso espiar, não posso prever. Mas também são todas essas impossibilidades que me encantam no que está por vir e mesmo com medo sempre ouso dar o próximo passo, rumo a um abismo, talvez, mas rumo a um caminho novo que se descortinará. Se o abismo vier, que eu saiba abrir as minhas asas e voar. Se o caminho for sólido, que meus pés saibam caminhar e aprender com as pedras da estrada.
Tenho medo do que está por vir.
Sou corajosa em assumir.
Podia simplesmente só sentar e chorar e desistir, mas eu ouso ir. Ouso seguir porque a curiosidade que me impulsiona dá gotas de coragem.
Tenho medo do que está por vir e sigo. Sigo adiante porque maior que o meu medo é a vontade de ir cada vez mais além daquilo que posso ter preparado para mim, porque eu mereço novas experiências, que boas ou ruins, são as minhas experiências.
Tenho medo do que está por vir e isso faz parte da minha história. As minhas maiores conquistas vieram porque enfrentei esse medo, vestido com uma capa azul, mostrando seus dentes e seu hálito pavoroso. Todas as vezes que o monstro do medo esteve em minha frente eu o enfrentei e hoje tenho as lembranças mais lindas, as histórias mais divertidas, as pessoas mais queridas ao meu lado e alcanço a cada dia um pedacinho da felicidade.
Tenho medo do que está por vir e por isso eu vou!

0 Comentários:

Postar um comentário