Visitas da Dy

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Chuva




Choveu nas Minas Gerais.
Mais do que no resto do mundo:
Choveu a manhã inteira
Raios e trovões e cinza-chumbo
O ventou a flor de laranjeira
A água lavou o canteiro...
Choveu a tarde inteira
As crianças não foram para a escola,
Mas também não teve brincadeira:
As mães as trancaram em suas casas.
Choveu a noite inteira
Pingos enormes, litros...
Eu olhava pela janela, sentada em uma cadeira:
Balançava as pernas pensando...
Choveu por toda madrugada
Os rios se encheram
As ruas, enlameadas
As montanhas foram lavadas
A água da chuva virou rio,
Que virou mar,
E que veio me visitar
Porque aqui de onde estou
Não choveu nem um pouco.
Porque toda chuva estava no mesmo lugar,
Esquecendo-se do resto do mundo...

0 Comentários:

Postar um comentário