Visitas da Dy

sábado, 1 de outubro de 2011

Decisões ou Voa, passarinho...



Por que temo tanto o desconhecido?
Será que é assim com todo mundo?
Será que todas as pessoas conseguem tomar as suas decisões sem grandes sofrimentos, com uma certa tranqüilidade?
Será que sou só eu que ao tomar uma decisão, no momento derradeiro, ainda me pego a pensar, mesmo já tendo antes passados dias remoendo a questão?
Essa coisa de decidir é sempre muito confusa pra mim.
Gosto e temo o novo. Quero dar o próximo passo, sem necessariamente saber o que está por vir, mas de repente não saber o que estar por vir pode ser arriscado, perigoso. Isso dá muito medo.
E se for um abismo? E se a queda for muito grande? Ainda ontem escrevi sobre os tombos que a vida nos dá e disse que não me importo com eles, porque sempre aprendo mais e mais na caminhada.
Hoje estou às voltas com propostas, ainda nada concretas, ainda muito abstratas, como são todas as propostas que recebemos todos os dias, mas confesso que fiquei balançada, pensativa, receosa, confusa.
Acho que preciso de um abraço! Quando fico assim gosto de ganhar abraço...
Precisamos ser atentos aos detalhes, buscar em cada segundo o sinal que funciona de resposta à nossa pergunta. Parece-me que todos os sinais foram dados e que mesmo assim insisto em não ver, ou fingir que não os vejo.
As oportunidades surgem em nossas vidas pouquíssimas vezes e precisamos estar atentos e nos agarrarmos a elas, mas porque deixar pra trás a primeira oportunidade na cidade maravilhosa me dói tanto?
Se é para alçar vôos mais altos, não há dúvidas: tenho mesmo é que me jogar, mas por tudo o que sou até hoje, e isso eu não consigo mudar, lá no fundo sinto uma pontinha meio que de ingratidão... soa pra mim mesma estranho sair de uma situação que me acolheu quando mais precisei. Não gostaria de fechar aquela que me foi a primeira porta aberta...
Também não seria assim tão radical, a porta não estaria se fechando. Tenho certeza de que todos os dias dei o melhor de mim, o sorriso mais bonito, o trabalho mais sério e comprometido e que conquistei um espacinho nos corações com os quais (com)vivi, mas o processo de decisão ainda está doloroso...
Passarinho precisa abrir as asas e voar mais uma vez... e ouço muitas vozes que me dizem “voa, passarinho!”...
O coração parece ter encolhido tanto que caberia numa caixinha de fósforos...
Os olhos de tão rasos já esperam pela lágrima que vai rolar... par mudar já sei que vou chorar. Inevitável.
O próximo passo vai ser difícil, mas só conhecemos o caminho se nos pormos a caminho do desconhecido...
É... acho que lá vou eu, esperar pelos próximos dias e ver a vida mudar de novo, ficar tudo de pernas pro ar, de novo... e quem sabe daqui a pouco eu volto e não escrevo que é “tudo novo, de novo”... será?
Que meu coração tenha sabedoria de entender o que se passa.
Que saiba me perder pra me encontrar, porque as coisas se apresnetam numa velocidade muito grande e que não posso parar pra pensar...
Que a alma cresça mais uma vez com tudo o que se passa.
Que o novo caminho venha sob meus pés, porque eles estão prontos para trilhar, claro, de saltos altos!



1 Comentários:

Nanda disse...

Amada Edy,
Na vida sempre é difícil e doloroso tomar decisões, seja para coisas boas e coisas que as vezes acreditamos não ser tão boas, mas para tomarmos as decisões (seja em qualquer campo de nossa vida) devemos sempre fechar a porta deixando sempre uma janela aberta, ou seja, sendo verdadeira, sendo você menina sapeca... que com esse jeitinho conquista todo mundo e demonstra quanto competente, és!
Você menina batalhadora, sincera, amiga, e super mega profissional tem alçar voos maiores, voos na direção à que veio, em busca de sua especialização, e seu aperfeiçoamento na sua área e conquistar seu espaço seja no Rio, São Paulo ou até mesmo na sua cidade... o futuro só a Deus pertence!!!!
Não tenha medo, ou se tiver pense nos olhos verdes que sempre estão te esperando quando volta pra casa, e terá toda a força necessária para seguir e nunca esquecer que sempre tem u m porto seguro que te espera!
Saiba que Amo você e pro que precisar você pode contar comigo!!!
Sucesso sempre e força!!!
Beijos da amiga

Postar um comentário