Visitas da Dy

domingo, 23 de maio de 2010

Leituras

Voltei a ler por prazer... fazia tempo que não fazia isso.
Até as leituras obrigatórias que estou tendo, em função da pós-graduação, estão boas. Deve ser porque é um curso que eu gosto...

Hoje comecei a ler Shakespeare. Hamlet, com a introdução de Bárbara Heliodora. Muito, muito bom.
Segue algumas citações de Willian, pra aquecer a noite fria que faz nas montanhas mineiras...

Sofremos muito com o pouco que nos falta e gozamos pouco o muito que temos 

_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*

 Mostre-me um homem que não seja escravo das suas paixões


_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*

Se as paixões aconselham por vezes mais ousadamente do que a reflexão, isso deve-se a que elas dão mais força para executar

_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*

Não há arauto mais perfeito da alegria do que o silêncio. Eu sentir-me-ia muito pouco feliz se me fosse possível dizer a que ponto o sou 


_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*

Conservar algo que possa recordar-te seria admitir que eu pudesse esquecer-te 

 

0 Comentários:

Postar um comentário